Cidades · Viagem · Vida

Viajando

#PraCegoVer: A imagem é da placa da cidade de Ushuaia na argentina. Na placa se lê a palavra Ushuaia escrita na vertical.

 

Oi, gente!

Hoje vamos começar uma serie de posts sobre viagem, especificamente sobre Ushuaia, na Argentina, cidade que visitei no final de Abril.

Neste texto vamos comentar sobre as informações iniciais sobre a viagem, o clima, a cidade… Trazendo um aspecto geral para vocês.

Bom, vamos começar pela viagem. É uma viagem bem longa, dura em media  20 a 24 horas, às vezes até mais. Pois você terá que fazer, no mínimo, duas conexões para quem sai de São Paulo ou Rio de Janeiro, por exemplo. E para quem sai de Salvador, provavelmente terá que fazer três conexões. Então, prepare-se para horas de tédio nos aeroportos sem o menor conforto. Os voos em si não são longos, o mais demorado é o de Buenos Aires para Ushuaia que dura cerca de quatro horas.

Indo para o clima, você deve se preparar para o frio, pois a cidade é conhecida por fazer frio o ano inteiro, mesmo no verão. Então recomendo que levem roupas de frio bem pesado, pois, além do frio que faz tem a questão do vento que faz a sensação térmica diminuir ainda mais. Então vá preparado para sentir muito frio.

Comentando sobre a cidade, vamos trazer as impressões gerais, pois depois vamos nos aprofundar nos diferentes tópicos sobre o passeio. A cidade é limpa, muito linda e a vista das montanhas é de tirar o folego. É uma cidade pequena e se você se hospedar no centro, a parte principal da cidade tem muitos restaurantes que você pode ir a pé (apesar do frio).

Tem muitos passeios para fazer na cidade como o Canal de Beagle, o Trem do Fim do Mundo, o Parque Nacional da Terra do Fogo, o Museu do Presidio, o Museu do Fim do Mundo, vários outros museus, o Glaciar Martial, a Rota 3 para os Centros Invernais e para os lagos, etc. Mas é bom lembrar que a maioria destes passeios é externo, então lembre-se de ir muito bem agasalhado, principalmente, pelo vento. Em outro post detalharemos cada passeio.

Ushuaia, por ser zona franca, tem um free shop, tanto no aeroporto, quanto na cidade e por incrível que pareça, os preços lá estevam mais baratos que nos aeroportos de Buenos Aires e de São Paulo.

A parte gastronômica é um tópico aparte. As comidas são deliciosas, com porções generosas, e você sempre sai satisfeito do restaurante. Mas, por ser uma zona turística, os preços são caros. Porém, se você comparar com restaurantes famosos (e nem tanto) de Salvador, que também são caros, mas servem porções pequenas e, as vezes, sem qualidade, compensa muito fazer, ao menos, uma boa refeição por dia na cidade.

Espero que vocês tenham gostado do post com as primeiras impressões da cidade de Ushuaia. Nos próximo post vamos falar sobre a acessibilidade na cidade, nos restaurantes e nos passeios.

Anúncios

2 comentários em “Viajando

  1. Perfeito, Amanda. Muito bem descritas as generalidades da cidade. Dá mais vontade ainda de voltar lá. Beijão e continue assim. Para mim está ótimo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s