Cidades · Independência · Tecnologia

UBER

No post de hoje o tema é um aplicativo que está bombando. O UBER.

Este aplicativo permite que uma pessoa, dando o seu ponto de partida e seu destino, possa se deslocar na cidade pagando um valor bem mais barato do que se utilizasse o serviço de taxi.

Para utilizar este serviço de transporte, o usuário precisa baixar o aplicativo no seu celular, criar uma conta e cadastrar um número de cartão de crédito, já que o aplicativo desconta automaticamente o valor no cartão, não tendo a necessidade de utilizar o dinheiro. Além do fato de que o cliente já saberá quanto custará à corrida.

A grande vantagem deste serviço é que, além do valor muito mais em conta que o usuário paga, não é necessário ter dinheiro em mãos para pagamento da “carona”. E, caso a cidade disponibilize o UBER POOL, onde o usuário compartilha a “carona” com outras pessoas, a conta será ainda menor.

Tudo isto sem contar que a maioria dos motoristas são gentis e tentam oferecer o melhor serviço possível. Muitos têm balas e garrafinhas de água para os clientes, além de estarem preocupados com o conforto do passageiro, perguntando se o ar condicionado está bom, se a radio está boa, etc. o que traz mais um ponto positivo para este serviço.

É bom lembrar que para utilizar o serviço é necessário estar conectado a uma rede WI-FI ou a uma rede de dados (3G ou 4G).

O único problema para um deficiente visual utilizar este serviço é que, ao fazer o pedido do UBER, o aplicativo informa o nome do motorista, o modelo de carro e a placa do veiculo. Como, para um deficiente visual, é muito difícil conferir estas informações, existe aí um risco de segurança para o mesmo, o que dificulta que alguém com deficiência visual utilize o UBER sem ajuda de outra pessoa.

Poderia haver alguma maneira de, na hora de pedir o UBER, informar que é deficiente visual para que, assim, o motorista, sabendo desta condição, possa identificar o passageiro ajudando-o a ir até o veiculo.

Esperamos que, num futuro próximo, esta ideia esteja implantada no UBER para que todos possam utilizar este ótimo serviço de transporte com independência

Anúncios

4 comentários em “UBER

  1. Amandinha, um modo de resolver isso é o UBER pedir a informação se o usuário é deficiente visual, na hora do cadastro e ai o motorista teria que ter um número que ele falaria ao deficiente para confirmação, que por sua vez receberia uma mensagem de voz com o número, como é feito quando você muda ou adquiri uma senha na Vivo por exemplo. Escreva para o UBER!

    Beijão!

  2. O UBER é otimo. Usamos muito, minha filha e eu, quando fomos a SP no mes passado. Sua sugestão é legal e voce deve manda-la para eles. Eles estão sempre otimizando o aplicativo e o serviço, e acho que poderiam gostar da ideia. Beijão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s