Cidades · Debate

Os opostos

Para reflexão, trazemos hoje duas reportagens que mostram atitudes opostas tomadas, ambas, por seres humanos. A primeira é uma atitude ruim, para dizer o mínimo, e mostra o desrespeito e a falta de sensibilidade de algumas pessoas por seus semelhantes. A segunda, em oposição, mostra como podemos ser solidários e compreensivos, e fazer o bem para o próximo.

A primeira reportagem trata de um advogado cadeirante que foi impedido de participar de duas audiências no fórum da sua cidade por falta de acessibilidade, já que o fórum não possuía elevador, e ele teve seu pedido, para que a audiência fosse realizada no térreo, negado ambas às vezes pelo juiz. Assim, o cliente se viu sozinho na audiência e o juiz ainda disse que iria designar outro advogado para ele. Mesmo o cliente dizendo que já possuía defensor, o juiz disse que ele não tinha escolha. Claro que diante deste absurdo o advogado pediu ao TJ do estado que anulasse as audiências feitas e “obrigasse” o juiz a realiza-la no térreo.

Esta atitude do magistrado viola inúmeros direitos, muitos deles consagrados pela Constituição Federal e tidos como invioláveis. Percebe-se aí que o preconceito, a discriminação e a falta de sensibilidade não existem apenas da população dita como ignorante (sem conhecimento), pois até mesmo pessoas com alta escolaridade cometem tais barbaridades. A reportagem completa esta no link abaixo:

http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2015/03/sem-acessibilidade-juiz-sugere-troca-de-advogado-cadeirante-em-audiencia.html

No caminho oposto a este, numa cidade dos Estados Unidos, vizinhos de um homem surdo aprendem em segredo a língua de sinais para surpreendê-lo. Com esta atitude tão bela vemos que nem tudo está perdido e que pessoas boas ainda existem. Percebemos que ainda podemos nós deparar com pessoas que se preocupam com seu semelhante e que procuram inseri-lo na vida da vizinhança, da sociedade, em vez de trata-lo com pena, piedade ou, pior, desprezo. A reportagem completa esta no link abaixo:

http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/posts/2015/03/10/vizinhanca-aprende-lingua-de-sinais-para-surpreender-morador-surdo-562621.asp?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=O%20Globo

Queremos muito que atitudes e exemplos como os dois acima citados sejam, cada vez mais, noticiados no mundo todo para que mudanças de comportamento aconteçam, principalmente no nosso país, onde ainda vemos e convivemos com tanto desrespeito e preconceito para com aqueles que, de alguma forma, são diferentes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s